Tricot na Ovelha Negra!

24.10.11
Embora fosse Verão, peguei nas agulhas e pus-me a caminho do Porto, levada pelo urbano da CP. Já alguma vez disse que adoro viajar de comboio? Um dia, irei correr mundo embalada pelo comboio :)

O 1º desafio na Ovelha Negra foi um workshop de meias. Foi uma luta tricotar sem barbela e a Joana teve muita paciência para me ajudar. Mas até nem me sai mal.... Mas decidi re(começar) e fui fazer um outro workshop mais básico e treinar/aprender meia e liga, remates e pontos de tricot.

Gostei muito dos workshops. A Joana Nossa, a empreendedora da Ovelha Negra transmite muito bem o seu conhecimento e tem muita paciência para os enganos, as malhas que fogem e outros azares do tricot.

A gola cinzenta na foto é da minha autoria e é o resultado do meu trabalho no workshop. Tudo feito sem barbela! Uma vitória para mim que aprendi em pequena com a minha mãe a fazer liga. Da minha autoria tenho um casaquinho de boneca e alguns cachecóis que me acompanham no inverno e que a H. também gosta de usar.

Não podia falar de tricot sem falar da minha mãe, mestra das agulhas de tricot e crochet. Ainda me lembro que todas as professoras me cobiçavam as camisolas e casacos que levava. Agora os mimos são para as netas!

I. com casaco da avó e gorro, presente duma amiga.


2 comentários:

  1. Fico contente que tenhas gostado! Beijinho e até breve!

    ResponderEliminar

AddThis